Na Mídia



Sítio Festa na Floresta no Jornal da BAND!
Reportagem sobre o que fazer com as crianças nas FÉRIAS!

NÃO PERCAM… A COLÔNIA DE FÉRIAS mais esperada de Niterói!
A melhor opção de Niterói! Já se imaginou em um lugar assim!
Colônia de Férias Sítio Festa na Floresta!
Passeio Escolar!
Festas!
Confraternizações!
Pacotes completos! www.sitiofestanafloresta.com.br
Whatsapp (21)99664-0612
Facebook.com/sitiofestanafloresta

NITERÓI – É chegado o momento mais esperado para as crianças: as férias. Se para muitas famílias é época de viajar e fazer programas juntos, como ir à praia e ao cinema no meio da semana, para mamães e papais que precisam trabalhar o período em que os filhos ficam fora da escola pode ser de desespero. Oferecendo atividades variadas para todos os gostos e estilos, as colônias de férias são excelentes opções para garantir a diversão da garotada. A maioria acontece nas semanas de janeiro, mas algumas se anteciparam e começam já na semana que vem.

Esportes radicais, contato com animais, atividades culturais, brincadeiras lúdicas, tem de tudo para a criançada curtir e gastar toda a energia acumulada nas férias. Proprietária do Sítio Festa na Floresta, no Engenho do Mato, Samantha Rodrigues aposta nos animais exóticos como atrativo da colônia que oferece.

— Nosso diferencial é esse contato com animais exóticos, como os cervos. Nosso espaço não é uma fazendinha com animais como vaca e cavalo. As crianças têm contato direto com animais que veem no zoológico, só que aqui podem estar mais perto, alimentar, aprender sobre eles. Além disso, temos uma estrutura supersegura, resgatando brincadeiras antigas da nossa infância. Também damos a opção de os pais participarem — explica, frisando que o espaço é inclusivo para crianças portadoras de necessidades especiais.

Fonte: Jornal “O Globo”

   Confira a excelente matéria publicada hoje na Revista do Jornal O Fluminense!

  Conectar-se com os animais faz bem para adultos e principalmente para crianças!

  Inaugurou recentemente o Sítio Festa na Floresta, no Engenho do Mato, que reúne animais rurais e silvestres.

Foto: Marcelo Feitosa
Fabrycio Azevedo em 18/09/2016 07:00

img_2606

Através da proposta de transportar o seu público para uma fazenda, o Sítio Festa na Floresta realiza festas infantis, colônias de férias e outros eventos, todos com uma temática ligada ao meio ambiente. Localizado no bairro de Engenho do Mato, o local possui animais típicos de um ambiente rural, como porcos e galinhas, e outros exóticos, como cervos, emas, araras e chinchilas. Idealizado pela empresária Samantha Rodrigues ao lado de seu marido Marlus Rodrigues, o espaço foi inaugurado este ano.

“Aqui, as crianças e os adultos encontram um ‘escape’ da correria do dia a dia. A primeira reação é sempre de encantamento, porque eles entram em contato com os animais, têm a oportunidade de entrar nos espaços onde estão os bichos e alimentá-los. No início, existe o estranhamento, mas, depois, eles aprendem a respeitar aqueles outros seres”, conta.

A ideia veio da paixão de Samantha por animais, que decidiu inaugurar um lugar onde as crianças pudessem retomar esse contato com a natureza. Para a psicóloga Wanessa Berba, a relação entre os menores e o meio ambiente pode gerar muitos benefícios.

“O contato com a natureza faz com que a criança perceba o mundo sob três pontos: O sensorial, uma vez que terá contato com diversos tipos de cheiros, cores, formatos e texturas; O físico, porque há um aumento dos movimentos necessários para o equilíbrio e crescimento infantil; O espacial, pois a criança percebe que a natureza é muito maior do que a casa ou apartamento em que habita. Essas crianças são mais criativas, pois o contato com a natureza faz com que elas desenvolvam mais seu potencial criativo, uma vez que deixam de ficar estagnadas em frente aos computadores, videogames ou televisores, e saem para explorar o meio ambiente natural”, ressalta.

A pesquisa “Valor do Livre Brincar” ainda constatou que, para 84% dos pais brasileiros, o uso das tecnologia prejudica a criatividade de seus filhos, e também que 6% das crianças em todo o País não brincam ao ar livre.

A microempresária Rosinete Santos decidiu comemorar o aniversário de seu filho no espaço de Samantha após perceber que ele passava muito tempo em casa. Ela conta que o aprendizado com o meio ambiente foi transformador na vida do menino.

“Percebi que meu filho passou a respeitar mais aos animais e também a natureza. As crianças hoje em dia ficam muito presas na tecnologia e acabam não percebendo o mundo ao redor. Agora, ao invés de querer os jogos online, ele me pede pra voltar ao sítio, à fazenda”, conta, orgulhosa.

O medo notado no primeiro contato com um ambiente “estranho” para a criança é quebrado rapidamente. No entanto, Wanessa conta que é essencial o acompanhamento dos pais nesse processo. Explorar um local novo, sob a supervisão dos pais, sempre traz segurança e autoconfiança para a criança. Respeitar os limites dos filhos é outra sugestão, se, por acaso, eles apresentarem medo, em um primeiro contato. Em alguns momentos, esses sentimentos vêm dos próprios pais e eles acabam assimilando.

“O ideal seria que este contato das crianças com a natureza fosse feito sempre que os pais pudessem, às vezes, até em um final de semana somente. Não é necessário esperar o período de férias para ter essas experiências de subir em árvore, dar comida aos animais, que só trarão benefícios para todos, aumentando a criatividade e o respeito que se deve ter pela natureza”, conclui Wanessa.

Fonte: Jornal O Fluminense

http://www.ofluminense.com.br/pt-br/revista/laco-do-bem

 

Compartilhe